IPVA SC – Como emitir boleto e mais!

      No Comments on IPVA SC – Como emitir boleto e mais!

Todo início de ano é solicitado pelo governo o pagamento do IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores para aqueles que possuem carros registrados nos territórios, e em SC não é diferente. Se você acabou perdendo, acompanhe para saber como emitir boleto IPVA SC.

Segundo o site ipva.inf.br, o Detran SC fornece a informação de valores que você deve pagar, e o pagamento do IPVA pode ser realizado em qualquer agência bancária ou agência lotérica. 

É essencial realizar o pagamento do IPVA para não entrar em uma lista de mau pagadores do SERACA, SPC ou SPCP, já que isso impedirá de ser realizado empréstimos ou que você receba outros benefícios. Por isso é importante estar atento às datas e informações, o governo oferece também opções de parcelamento para aqueles que não podem pagar o valor integral em uma só parcela.

IPVA

O custo do IPVA varia de acordo com o modelo e ano do carro, geralmente o carnê é enviado na sua casa e você pode realizar o pagamento em cota única, ou parcelar em três vezes. É possível consultar o valor do mesmo pelo site do Detran SC! O próprio site também fornece várias informações e acesso a serviços relacionados ao seu veículo. 

Caso você tenha perdido, tido sua via extraviada ou sua guia danificada, é necessário tirar a 2° Via de Boleto do IPVA. É muito simples conseguir ela – pelo próprio site do Detran SC em poucos passos você estará com ela em mãos. 

A placa do seu carro interfere na data de pagamento do IPVA, é importante estar atento ao calendário para não acabar tendo que pagar multas e juros. 

ISENÇÃO IPVA

É previsto isenção de IPVA para alguns veículos, como:

  • Motorista portador de deficiência física que o impeça de dirigir veículo normal;
  • Carro de pessoa portadora de deficiência física, visual, mental severa ou profunda ou autista, ou de seu responsável legal, para uso do deficiente ou autista, ainda que conduzido por terceiro (equipado com motor de cilindrada não superior a dois mil centímetros cúbicos);
  • Carros com fins de táxi, dotado ou não de taxímetro, destinado ao transporte público de passageiros;

Entre outros que também podem pedir isenção, porém é necessário estar atento às regras e condições!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *